Em tempos difíceis…  É preciso vencer o medo!

José Drailton

Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem-presente nas tribulações. Portanto, não temeremos ainda que a terra se transtorne e os montes se abalem no seio dos mares; ainda que as águas tumultuem e espumejem e na sua fúria os montes se estremeçam. Há um rio, cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo. Deus está no meio dela; jamais será abalada; Deus a ajudará desde antemanhã. Bramam nações, reinos se abalam; ele faz ouvir a sua voz, e a terra se dissolve. O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. Vinde, contemplai as obras do Senhor, que assolações efetuou na terra. Ele põe termo à guerra até aos confins do mundo, quebra o arco e despedaça a lança; queima os carros no fogo.  Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus; sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra. O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.” (Salmo 46:1-11)

Dois “vírus” tem atingido o mundo nesses últimos dias: o covid-19 e o medo. Esse último, tem sido mais danoso que o primeiro. Medo de ficar doente, medo de falir, medo de perder o emprego, medo de ficar sem comida, medo dos projetos arruinarem, medo de ficar sozinho, medo pelos pais, medo pelos filhos, medo pela família, medo pela nação, medo do colapso, medo… medo… medo…

Existem pelo menos dois tipos de medo. O primeiro se constitui em dispositivo de segurança natural, que nos deixa alertas, atentos e prudentes diante de uma possível situação de risco, e nos faz melhor preparados para agir com sabedoria, inteligência e assertividade contra um mal que, porventura, se apresente contra nós. Esse medo é saudável, previdente e necessário, e nos coloca em movimento.

O segundo tipo de medo é aquele que nos paralisa, transtorna, desequilibra e destrói. É o medo que nos tira a paz e o sono, roubando-nos os sonhos, a esperança, a energia e alegria de viver. Esse medo é patológico, nocivo e destrutivo. Como bem disse William Shakespeare, dramaturgo e poeta inglês: “O horror visível tem menos poder sobre a alma do que o horror imaginado.”  

Algumas pessoas contaram a expressão “não temas”, na Bíblia, e descobriram que ela ocorre 365 vezes, ou seja, uma para cada dia do ano. Nunca pesquisei para comprovar ou não a veracidade desse número, mas o que posso afirmar com toda certeza e convicção de fé, à luz das Escrituras Sagradas, é que o Senhor nosso Deus está dizendo para os seus filhos e filhas em todo tempo: “não temas porque eu sou contigo”.

O Salmista entendeu isso e assimilou essa certeza de fé. Ele decidiu confiar no Senhor de todo o seu coração em meio às, possivelmente, piores circunstâncias da sua vida, e declarou firmemente: Portanto, não temeremos ainda que a terra se transtorne e os montes se abalem no seio dos mares; ainda que as águas tumultuem e espumejem e na sua fúria os montes se estremeçam.”

Precisamos aquietar o nosso coração e vencer o medo, firmados nas mesmas convicções de fé do salmista. Quais são elas?

1. Em Deus temos refúgio 

Deus é o nosso refúgio e fortaleza”

2. Em Deus temos socorro 

socorro bem presente nas tribulações.”

3. Em Deus temos alegria 

Há um rio, cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo.

“Portanto, não vos entristeçais, porque a alegria do Senhor é a vossa força.” (Neemias 8:10)

4. Em Deus temos esperança 

Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus; sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra.”

Esperança, neste caso, do verbo “esperançar”, agindo com responsabilidade, inteligência e sabedoria em tudo que está em nosso poder fazer. Sobretudo, esperança para descansar o nosso coração, na fé de que “O Senhor dos exércitos está conosco, o Deus de Jacó é o nosso refúgio.”

Bem disseram o profeta Habacuque, o apóstolo Paulo e o escritor da Carta aos Hebreus: “o justo viverá da fé.” Creia! Deus está no controle de tudo!!! Deus cuidará de ti, Ele Cuidará de mim, Ele cuidará de nós. Essa fé é possível por meio de Jesus Cristo nosso Senhor. Pois Ele é o autor e consumador da nossa fé.  Nele nossa fé começa, se desenvolve e encontra sua plena expressão.

Entregue sua vida a Ele, confie Nele, e descanse no seu amor, pois o verdadeiro amor lança fora todo medo.

Deixe seu comentário

WordPress Image Lightbox Plugin