“…vendo as multidões, compadeceu-se delas, pois eram como ovelhas que não tinham pastor” (Marcos 6:34).

Os anos passam, as culturas mudam, a tecnologia desenvolve-se na velocidade da luz. A ciência avança, a geografia altera-se, a política torna-se cada vez mais complexa. Uma coisa permanece sempre a mesma: as multidões sofrem e continuam perdidas, como ovelhas sem pastor. Não há classe social, nível intelectual, poder econômico ou realização profissional que sirva como imunidade ao problema do sofrimento. Nós sofremos. Todos nós.

Jesus conheceu as multidões. Não como as conhecemos, apenas “massa” de gente. Conheceu-as profundamente, individualmente, em seus olhos e por dentro, desvendando seus pensamentos e esquadrinhando seus corações. Isso é o que significa “vendo as multidões”. Aquelas pessoas não eram iguais, não tinham os mesmos problemas e dificuldades. Nenhuma delas passou despercebida por ele.

A compaixão de Jesus é constrangedora. Ele não tinha “pena” das pessoas. Compaixão é mais que isso. Jesus não apenas sabia do sofrimento e da angústia do povo, mas assumia-os para si, fazendo deles seu próprio sofrimento e angústia. Ele morreu pelas multidões. Por todas elas. De todos os lugares e de todas as gerações. Sua morte é a demonstração máxima dessa compaixão que assume o lugar do outro, tomando suas dores e pecados.

Por isso as multidões são “como ovelhas que não tinham pastor”. O pastor chegou. Está à disposição. Pagou o preço dos pecados de todos e assumiu sobre si mesmo as dores e o sofrimento. Por ter passado pela angústia, pode agora conduzir os que estão angustiados. Por haver entregue sua alma na morte, pode agora consolar e libertar aqueles que sofrem sob as forças da morte. Tragada foi a morte pela vitória!

E nós? Conhecemos tal Pastor? Temos seguido-o de perto na luta contra os sofrimentos e a angústia? Temos nos identificado com Ele em Seu sofrimento e cruz? Temos nos sensibilizado como Ele ante a dor e a miséria do povo? Temos nos apresentado como opção e referência para os que ainda não o conheceram?

Deixe seu comentário

WordPress Image Lightbox Plugin